Simples Assim

Simples Assim!
Tony Valle

Finalmente nos encontramos…
Nossos corpos… Não,
O meu e o teu ser,
Sedentos, frenéticos,
Mutuamente procuraram-se,
Encontraram-se, interpenetraram-se…
Entenderam-se para além das palavras.
Foi surpreendente, divino, indescritível,
Maravilhoso….
Ficamos extasiados!
Simples assim…

E agora fico a perguntar:
Longe de ti, como viver?
E, com o coração a apertar,
Difícil a tristeza esconder….

Longe de ti, Todo meu ser vibra
Com a simples lembrança dos momentos
Que com tanta emoção vivemos.
E, perplexo, sem resposta,
Fico inutilmente a perguntar:
Como viverei sem ti?
E aí bate uma imensa saudade,
Junto com uma forte vontade
De contigo sempre estar…
Quem sabe a roda da vida,
Que promoveu nosso encontro,
Possa conspirar de novo
Para nos unir para sempre!
E que isto não demore….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *