Precisamos Lutar pela Democracia

Precisamos Lutar pela Democracia
J. B. Pontes
A democracia, é o governo de muitos, do povo. Opõe-se à plutocracia, governo dos mais ricos, e à oligarquia, que é o governo de poucos. Embora imperfeito, o regime democrático é o melhor que a nossa civilização conseguiu sistematizar até o presente. Mas não existe democracia sem a participação ativa de cidadãos conscientes e compromissados com a defesa dos interesses da sua comunidade.
Considerando o perfil do eleitorado brasileiro, não há dúvida que, infelizmente, continuaremos sob o domínio da plutocracia e da oligarquia, muitos distantes ainda do estado democrático preconizado pela nossa Constituição. A maioria dos brasileiros desconhece a dimensão da cidadania. Majoritariamente pensam que democracia é só votar. E o pior, votam muito mal, em geral exigindo apenas alguma vantagem pecuniária ou benefícios de ordem material para decidir o voto.
E a influência do poder econômico na eleição dos nossos representantes políticos está na raiz de um dos maiores problemas que enfrentamos, como Nação: a corrupção. Isto porque o dinheiro usado no processo eleitoral corrompe princípios, compra pessoas e elege políticos que irão atender a interesses de grupos e não aos da coletividade.
A falta de consciência política e social da maioria do eleitorado, aliada à influência do poder econômico são os principais responsáveis por levar ao poder pessoas descompromissadas com a boa gestão pública e com defesa dos interesses do nosso povo, bem como pela falta de ética na política, como bem demonstra a grave crise que estamos vivendo. E isto contribui para a ocorrência de desvios de recursos públicos, os quais fazem enorme falta para o atendimento das necessidades básicas da população nas áreas da educação, da saúde, da segurança pública, do saneamento ambiental etc.
É absolutamente necessário, neste momento, que a parcela mais consciente da nossa sociedade se disponha a agir para reverter essa situação. Os cidadãos de bem precisam voltar a se interessar pela política, filiar-se aos partidos políticos e neutralizar a ação dos oportunistas e mal-intencionados que atualmente os dominam.
Precisamos formar, em cada município, associações da sociedade civil voltada ao estudo, fomento e divulgação da importância do exercício da cidadania participativa, especialmente nas escolas de todos os níveis. O objetivo é a construção de uma nova cultura cívica, social, participativa e democrática.
Só assim poderemos sonhar em viver numa sociedade verdadeiramente democrática, construída por meio do esforço de todos os cidadãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *