Paradoxos Humanos

Paradoxos Humanos
J. B. Pontes

Por que me odeias?
Pelo bem que te quis
Ou pelo mal
Que nunca te fiz?

Por que meu silêncio
Tanto te embravece
E meu falar alto,
Parece que te embevece?

Por que ficas zangada,
Quando bem te trato,
E não ficas agastada,
Quando te maltrato?

Por que te afastas de mim?
Pelo amor que te ofertei
Ou pelo desprezo enfim
Que nunca te demonstrei?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *