Lobos com Disfarce de Cordeiro

Lobos com Disfarce de Cordeiro
J.B. Pontes

Chegamos a mais um ano de eleições, agora para Presidente da República, governadores dos Estados, deputados estaduais (ou distritais) e senadores.
Como nunca ocorreu antes, os políticos da base de apoio ao governo ilegítimo terão muito dinheiro para aplicar na campanha, “por baixo dos panos”. Não nos esqueçamos que, para barrar o processo que permitiria que o presidente ilegítimo e usurpador fosse investigado por crimes de lesa pátria, a maioria dos políticos ganharam muito dinheiro. E ainda houve bônus para aqueles que apoiaram as reformas impopulares…
O uso de dinheiro sujo nas campanhas far-se-á mediante vários mecanismos, sendo que o principal e o mais tradicional deles é o recrutamento dos “cabos eleitorais”, aquelas “pseudo lideranças” locais, colocando dinheiro nas mãos deles para que comprem votos dos eleitores.
Mas é preciso também “aparecer” ao vivo junto aos eleitores. E farão isto vestidos de cordeiros, parecendo pacíficos, bonzinhos, simpáticos e confiáveis. Distribuir sorrisos, aparentar ser um “cara simples”, igual a todos nós; beijar as criancinhas; abraçar e posar para fotografias com velhos e excluídos; afirmar que sempre defenderam e vão continuar defendendo os nossos interesses; que são radicalmente contra a corrupção etc.
Eleitos, como todos sabemos, vão procurar de imediato “vender os seus mandatos”, para os Cunhas da vida e sempre votar no que eles mandarem. E os interesses do povo, da Nação brasileira? E os compromissos e as promessas feitas na campanha?
– Bem, dizem eles, aquilo eram argumentos para obter votos. E para isto, vale tudo… Inclusive mentir, fazer falsas promessas e usar outros artifícios espúrios. E pensam e têm convicção que “se não tivéssemos comprado tantos votos, jamais nos elegeríamos. Portanto, nada devemos aos que votaram em nós. Aliás, a maioria deles nem sabem que foram eles que nos elegeram”. E não estão muito longe da verdade. De fato, no sistema proporcional, essa aberração, nós dificilmente sabemos quem realmente elegemos.
É preciso que saibamos enxergar o lobo por trás do disfarce de cordeiro. Um lobo faminto e assassino, que com sua ação corrupta desvia para os próprios bolsos os recursos que deveriam ser aplicados no melhoramento da saúde pública, da educação, da segurança pública, do saneamento ambiental e tantas outras ações que nós tanto necessitamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *