Bem Vindos !

BrasíliaEsta foto é emblemática. Nela vemos alguns dos símbolos que deveriam orgulhar a todos nós brasileiros: a Praça dos Três Poderes, o Pavilhão da Pátria, com a nossa Bandeira tremulando, a Esplanada dos Ministérios. Centro Administrativo, cérebro da Nação, de onde deveriam partir as decisões, as orientações e diretrizes, com objetivo de engrandecer o País e beneficiar a toda a sociedade… Mas esse cérebro está, lamentavelmente, desequilibrado, doente.

Por isto, Brasília, a capital do nosso País, está assim: escurecida, envolvida por pesadas trevas, produzidas pelas mentes desequilibradas dos nossos políticos e governantes.

Precisamos, com urgência, nos conscientizar da realidade: Entregamos os nossos maiores interesses nas mãos de pessoas que não mereciam nos representar. Não devemos negar ou esquecer: fomos nós – cidadãos brasileiros – que os elegemos, que colocamos os nossos interesses maiores em suas mãos. Portanto, somos também coparticipantes dessa crise horrível que estamos vivenciando – especialmente de valores morais!

Para eles – os políticos atuais – não existem interesses nacionais; não existem demandas e necessidades do povo a serem atendidas… O que somente interessa aos nossos políticos é enriquecer a custa do patrimônio público; desviar milhões e milhões e reais para suas contas bancárias particulares, em paraísos fiscais que possam lhes dá o máximo de segurança e sigilo possíveis. Esse, infelizmente, é o objetivo principal dessa classe política majoritariamente desclassificada, que tomou de assalto a direção do nosso País. Mentes desequilibradas, ávidas por poder e riqueza!

O escuro dessa foto representa a tristeza de todos nós brasileiros por termos entregado, de forma inconsciente e irresponsável, os destinos do nosso País nas mãos de pessoas desclassificadas. Mas se nós lhes investimos de poderes – que estão sendo mal utilizados -, nós também podemos retirá-los… Vamos atentar futuramente para o nosso voto. Que ele – voto – seja destinado a pessoas de bem, capazes de alterar esse triste momento histórico que estamos, como Nação, atravessando.

Lá no fundo, podemos ver uma nova alvorada surgindo… E para que esse novo dia seja melhor todos temos que contribuir!

Este site entra no ar para tentar dar uma modesta contribuição para essa tão necessária reconstrução do nosso País.

9 pensamentos em “”

  1. Bastante interessante o texto João, apenas uma ressalva, este quadro é bem mais antigo do que podemos imaginar, o diferencial é que a atual politica brasileira não conta com a conivência da chefe do executivo, por isto as coisas acontecem.

  2. Caro primo, percebo que tens um pouco de amargura nos olhos ou quem sabe nas letras pela situação que vivemos. Acho que tudo é tão passageiro que podemos aguardar, enquanto bebemos uma cerveja bem instalado num bar do Lago Sul, será. Mas o nosso tempo está passando rapidamente, depois dos cinquenta, então acredite que logo se esquece de toda muvuca que está acontecendo e os bons tempos que esperamos viver acabam por reaparecer e a vida segue com ou sem Dilma, com ou sem temer que tudo de bom aconteça para nossos jovens, quem mais pode nos preocupar. Abraços!

    1. Primo, o que mais me preocupa é que entregamos o nosso País nas mãos de uma quadrilha muito pior. Tiramos do mal lavado e entregamos para o sujo, muito sujo. Pessoalmente não sofro risco de nenhum prejuízo material. Graças a Deus nunca exerci cargos comissionados ou tive qualquer benefício do governo afastado. Mas tenho certeza que os nossos jovens sim. Mas agradeço e vou refletir sobre os sus conselhos. Apenas não quero passar para a história como um cidadão que se manteve omisso diante de tudo de errado que está acontecendo em nosso País. Esse pessoal que está assumindo o comando do nosso País representa o velho, o retrocesso…

  3. Olá João Batista, o “João Coragem” dos tempos de universidade na UnB – vejo que faz juz ao apelido de nossos tempos. Parabéns por colocar sua opinião com propriedade e conhecimentos de muitos anos de Brasília e seus meandros políticos.

  4. João Pontes, Nobre Colega,
    Concordo plenamente e resumo assim: a zebra não é fazerem todos as mesmas coisas, o problema é sempre prometerem fazer diferente e nós acreditarmos. Triste ilusão. Mas temos que manter a esperança.
    Abç

  5. I have been surfing on-line greater thhan 3 hours nowadays, yet
    I by nno means found any attention-grabbing artucle like
    yours. It is beautiful pric enough for me.

    Personally, if all website owners and bloggers made just right content as you probably did, the net
    can bbe a lot more helpful than ever before.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *